top of page

Leis de inovação não valem nada se não gerarem efeitos na vida real


Um dos grandes desafios das cidades brasileiras consiste em construir um ambiente regulatório favorável para inovação.


Ambiente favorável para que startups nasçam e consigam prosperar em um ambiente de alta incerteza, que as empresas tradicionais consigam aproximar-se da inovação e tornarem-se mais competitivas, para que o governo consiga se transformar através da introdução da inovação para desenvolver projetos de alto impacto, transformação digital de serviços e agilidade.


Porém, é importante não cair em duas armadilhas:


1. Acreditar que simplesmente criar e aprovar uma lei de inovação resolverá este desafio;

2. Querer copiar leis de inovação de cidades com ecossistemas mais maduros.


Criar ambiente regulatório favorável não é recorta e cola.


Existe uma série de ações que constroem esse ambiente favorável, a lei é apenas um pedaço de papel se não for regulamentada adequadamente.

Reflita sobre o motivo que leva a Prefeitura Municipal a propor a lei de inovação.


Cada cidade possui sua vocação, suas fortalezas e seu potencial para o desenvolvimento através da inovação. Então supere a tentação de copiar e colar uma lei considerada incrível, pois provavel- mente essa lei seja adequada para uma realidade distinta ao da sua cidade.


Uma lei de incentivos fiscais para startups por exemplo, exigir 41 documentos para a concessão do incentivo não irar gerar efeitos.


Uma lei que propõe criar ambiente favorável para o surgimento de empresas de base tecnológica que não propõe investimentos em formação de talentos, eventos, cursos, ciclos de aceleração, Hackathons, não passará de uma redação bonita.


Uma lei que propõe modernizar o governo mas não investir em modernização, investimentos via marco legal das startups e criar líderes inovadores para conduzir essa mudança, será mais uma lei em meio aos milhões de processos legais que não dão em nada.


Como ajudamos a tirar as leis do papel?


Em Gravataí estamos construindo um ambiente incrível para a inovação e a lei se consolidou como uma ferramenta importante.


Através do programa Startup Gravataí, regulamentado por decreto, o governo investiu 1 milhão de reais junto ao SEBRAE para a realização de ciclos de aceleração de startups, Hackathons e eventos de formação.


Através da lei o governo constituiu o Fundo de inovação e tecnologia e está trabalhando em uma proposta de co-investimento de startups junto a uma aceleradora de startups e ao Pradotech.


Também foi implantada uma incubadora junto ao Tecnosinos que já está incubando 10 startups.


Estes movimentos garantiram o investimento de 200 milhões de reais para implantação de um Parque tecnológico.


Estamos ajudando inúmeras cidades nesse processo mediante assessoria técnica e consultoria.


Compreendemos a realidade das cidades, vocação, oportunidades, ameaças, potencialidades, ajudamos na criação da visão de futuro e produzimos o ambiente favorável.



Quer saber mais?

Chama a gente.


Para receber informações sobre a WISE, faça contato conosco:

Tatiane Mizetti - Relações Públicas (Conrerp/4ª 2820) – 51 9235-8086 reverso@reversocomunicacao.com.br

Atendimento: 51 99375-3203

51 – 3398-7958

Reverso Comunicação Integrada

CONRERP PJ116

26 visualizações0 comentário

Comments


WISE LOGO Site.png

SABEDORIA PARA
INOVAR

Estátua 01.png
botao-voltar (1).png
bottom of page