top of page

Startup Gravataí já acelerou mais de 40 negócios inovadores e segue com cadastro aberto


Uma das principais iniciativas da Prefeitura Municipal de Gravataí para gerar desenvolvimento socioeconômico através da inovação é o Programa de fomento ao empreendedorismo: Startup Gravataí. Promovido pela Secretaria Municipal de Inovação, Ciência e Tecnologia (SMICT) em conjunto com parceiros, o programa engloba políticas públicas para fomentar o surgimento de startups e o empreendedorismo inovador, consolidando a cidade como um polo global de startups e scale ups. Até o momento, já foram acelerados mais de 40 negócios, sendo que 10 destes foram acolhidas no programa de Incubação e Aceleração.


O Startup Gravataí já realizou em parceria com Sebrae cinco ciclos de aceleração. Dentre estes, estão a Sensibilização (kick off), ciclos de Ideação e Amadurecimento de Soluções (Start), o ciclo START exclusivo para Mulheres (Woman's Inn) e o de tração e escala de soluções já validadas e mais maduras (DIGITAL).


A criação do programa foi inspirada em estratégias de países como Israel e Estados Unidos, conjugando inúmeras atividades e parceiros que possuem expertises complementares e objetivos em comum. SebraeX, Unitec - Incubadora Unisinos, AGTI, Prado Tech - Parque Tecnológico do Prado e Ventiur Aceleradora estão atuando junto da Prefeitura nesse Programa.


Segundo Selma Fraga, responsável pela SMICT, o objetivo é pensar a curto, médio e longo prazo, atraindo mais empresas de base tecnológico, mas também fomentando e apoiando o empreendedorismo local. "Graças ao programa, várias startups de Gravataí já estão sendo reconhecidas a nível nacional. Isso é reflexo de uma estratégia de política pública que acompanha toda a trajetória de pessoas que por vezes têm uma ideia e a habilidade necessária, mas ainda não sabem qual caminho percorrer e onde impulsionar o seu negócio", explica.


Entre os resultados que Selma cita, está a Data Mundo, startup criada na cidade e que venceu neste ano a categoria "orbit" do Prêmio Mission, da Hotmart. Recentemente, durante o Gramado Summit, Gravataí também foi destaque com a presença de 20 startups representando o município. Selma Fraga explica ainda que o propósito é incentivar startups que desenvolvam soluções para os principais problemas locais em áreas como educação, segurança, saúde, mobilidade, cidadania, impacto socioambiental, inclusão, entre outras. A tecnologia também se destaca, incluindo a Indústria 4.0, Inteligência Artificial, Fintechs, Agritech e Nanotecnologia.


Paulo Renato Ardenghi, CEO da Wise Innovation, que acompanha o desenvolvimento do Startup Gravataí, a estratégia municipal tem destacado Gravataí no cenário nacional. “Um programa de fomento e aceleração de startups transformado em política pública é inovador e traz impactos socioeconômicas para toda a população local. É uma oportunidade para conectar soluções a investidores, capacitações e novos talentos”, salienta.


Cadastro e seleção


A seleção das empresas interessadas em participar do programa acontece primeiramente por meio do cadastro em uma plataforma Open Source. A segunda etapa é a apresentação dos projetos com base em critérios como grau de inovação, domínio do tema, estágio de desenvolvimento e outros. As startus podem se cadastrar na base de dados da SMICT pelo link https://gravatai.atende.net/subportal/cadastro-de-startups. Neste ano, ainda estão previstas a inauguração do hub de inovação Casa das Startups, o processo de capitalização das startups via fundo de inovação e inúmeras atividades de ativação do ecossistema local.

27 visualizações0 comentário

Comments


WISE LOGO Site.png

SABEDORIA PARA
INOVAR

Estátua 01.png
botao-voltar (1).png
bottom of page